.. Centro Acadêmico de Agronomia
.. Webnário GEPFRUT UFV
 
 
 
EDUARDO FONTES ARAUJO
Tecnologia de Produção de Sementes

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1978), mestrado em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa (1983) e doutorado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (1999). Atualmente, é Professor Titular do Departamento de Agronomia da Universidade Federal de Viçosa. Foi professor homenageado dos formandos de Agronomia nos anos de 1982, 1983, 1984 e 1988. Leciona as disciplinas de Sementes na graduação e pós-graduação, entre outras.Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Tecnologia de Sementes (colheita, secagem, beneficiamento, armazenamento, análise e produção). É responsável pelo setor de beneficiamento de sementes do departamento. Orienta estudantes de mestrado e doutorado no Programa de Pós-graduação em Fitotecnia. .
 
Email:efaraujo@ufv.br Tel: (31) 3612-4465 C.Lattes
     
ENDEREÇO: Depto. de Agronomia, Av. Peter Henry Rolfs, s/n,
Campus Universitário - 36570-900 - Viçosa/MG
 
 
LINHAS DE PESQUISA:
1. Produção e tecnologia de sementes

Objetivo: Desenvolvimento, aperfeiçoamento e avaliação de metodologias, técnicas e equipamentos na área de análise, produção e processamento de sementes..
Grande área: Ciências Agrárias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Processamento e Análise de Sementes.
Setores de atividade: Produção Vegetal.
Palavras-chave: Sementes; Colheita; Processamento; armazenamento; Análise; Produção.

2.
Desenvolvimento e aperfeiçoamento de técnica para acelerar a germinação e de teste para avaliar rapidamente a qualidade de sementes de café.

Objetivo: Esta linha de pesquisa teve início, com maior intensidade, em março de 2002. O desenvolvimento destas metodologias será de grande valor para os produtores de mudas, os analistas de sementes e o comércio, uma vez que serão reduzidos os problemas causados pela lenta e desuniforme germinação das sementes de café, ou seja: redução do tempo gasto para produção de mudas, implicando em economia com tratos culturais no viveiro; as análises de laboratório serão aceleradas, reduzindo o trabalho dos laboratoristas (não necessidade de retirada manual do pergaminho) e antecipando o período de comercialização das sementes. Como consequência, as mudas poderão ser produzidas em épocas mais adequadas, favorecendo também o estabelecimento das lavouras de café. Desta linha de pesquisa, já resultaram dois trabalhos de tese cujos resultados serão divulgados oportunamente, devido ao fato de estar em andamento o Registro de Propriedade Intelectual das metodologias..
Grande área: Ciências Agrárias
Setores de atividade: Produção Vegetal.
Palavras-chave: Sementes; Café; Hipoclorito de sódio; Germinação; Mudas.

ÁREAS DE ATUAÇÃO:

1. Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Produção e Beneficiamento de Sementes..

2. Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Processamento e Análise de Sementes.


xx